segunda-feira, 26 de novembro de 2012

As Pombas

Vai-se a primeira pomba despertada...
Vai-se outra mais... mais outra...
enfim dezenas
Das pombas vão-se dos pombais,
apenas Raia sangüinea e fresca a madrugada.
E à tarde, quando a rígida nortada Sopra,
aos pombais, de novo elas, serenas,
Ruflando as asas, sacudindo as penas,
Voltam todas em bando e em revoada...
Também dos corações onde abotoam
Os sonhos, um a um, céleres voam,
Como voam as pombas dos pombais;
No azul da adolescência as asas soltam,
Fogem...
Mas aos pombais as pombas voltam,
E eles aos corações não voltam mais.

(Raimundo Correia)

domingo, 25 de novembro de 2012

Muito Feliz...

Neste dia quero dizer a todos que estou muito feliz por ter chegado até aqui, são 51 anos de aprendizados e 28 anos que unimos definitivamente as nossas vidas, os nossos dias e noites, os nossos sonhos e os nossos destinos. Completar 28 anos de casamento é fácil para qualquer casal. O difícil é completar 28 anos de união repleta de amor, cumplicidade, dedicação, paixão, tesão e romantismo!
Não sou diferente de ninguém, quero que saibam que se cheguei foi inclusive por saber que tenho pessoas que me apoiam, que, sobretudo, me ajudam nos momentos difíceis...
Sabe, descobri com o tempo que completar mais um ano de vida, não é especialmente comemorar o dia que vim a este mundo, mas é entender um pouco o significado desta vida, nos últimos anos vim descobrindo coisas incríveis, que nunca imaginei, é mais um motivo para viver a vida sem limites, além de tudo...
Tenho certeza que minha história nesta jornada ainda não está completa, erros, acertos, fracassos, vitórias, são um contexto dela, e valorizo tudo por igual, pois sem estes não teria chegado até aqui.
Carrego comigo tudo que passei, tudo que encontrei, tudo que fiz para melhorar pra mim e para os outros, e seguirei sempre tentando chegar a um bem comum...
Quero me perdoar pelos meus erros, meus fracassos e minhas derrotas, mas quero com muita glória festejar as minhas vitórias, os meus acertos e minhas conquistas, e fazer delas o maior propósito de existir.
Já tentei mudar este mundo muitas vezes, tentei começar pela família, pelos meus amigos, pelos meus colegas, mas as coisas são muito mais complexas do que parecem.
Percebi que pra começar primeiro tenho que começar por mim, a mais difícil mudança com certeza, mas hoje quero recomeçar, e nem que cada dia tenha que recomeçar, e sei que com este instinto, contudo é que alimentarei o meu viver...

Agradeço a Deus por ter permitido que eu vivesse mais um ano de vida, mais um ano ao lado do meu marido, dos meus filhos e das minhas noras, da melhor forma possível, ao lado de pessoas tão especiais, maravilhosas e que amo muito!!!

Obrigada pelo carinho de todos´.
Abraço a todos...

quinta-feira, 22 de novembro de 2012

Venha à Nova Esperança do Sul

A 6ª edição do festival Gruta em Canto de Nova Esperança do Sul está previsto para os dias 23, 24 e 25 de novembro.




O festival fornecerá alimentação e hospedagem aos músicos participantes, sendo que a hospedagem será oferecida em residências de famílias da comunidade. As 20 composições selecionadas na triagem receberão uma ajuda de custo de R$ 1.500,00.



O 6º Gruta em Canto é uma promoção da do Grupo de Nativismo e Folclore Couro Cru.



Os prêmios instituídos pelo festival são os seguintes:



1° Lugar – Troféu mais R$ 6.000,00;

2° Lugar – Troféu mais R$ 4.000,00;

3° Lugar – Troféu mais R$ 2.000,00;

Melhor Instrumentista – Troféu mais R$ 300,00;

Melhor Intérprete – Troféu mais R$ 300,00;

Melhor Letra – Troféu mais R$ 300,00;

Melhor Melodia – Troféu mais R$ 300,00;

Melhor Arranjo – Troféu mais R$ 300,00;

Melhor Tema Sobre a Gruta – Troféu mais R$ 500,00;

Música Mais Popular - Troféu mais R$ 500,00.



Confira as composições classificadas:



1 - Herdeiros de Sepé

Letra: Marcelo D’ávila.

Música: Robson Garcia.

Representa: Santana do Livramento.



2 - Liberdade para o rio

Letra: Flavio Saldanha.

Música: Tuny Brum.

Representa: Uruguaiana e Santa Maria.



3 - Ressollando (Pronúncia: Ressojjando)

Letra: Leonardo Borges.

Música: Luis Cardoso.

Representa: Santana do Livramento.



4 - Apaixonado e bem tranquilo

Letra: Rodrigo Bauer.

Música: Amigo Souza.

Representa: São Borja.



5 - Os Pombos das Praças

Letra: Valdir Disconzi.

Música: Zulmar Benitez.

Representa: Santiago e Santa Maria.



6 - Canto Fecundo

Letra: Adelmir Disconzi

Música: Halber Lopes e Dionathan Farias

Representa: São Gabriel e Santiago.



7 - De garrucho à garruchinho

Letra e Música: Telmo de Lima Freitas

Representa: Cachoeirinha.



8 - Sóis de Outono

Letra: João Ari Ferreira (Sicha).

Música: Eri Cortes.

Representa: Jaguari e São Francisco de Assis.



9 - Na Escolinha do Rincão

Letra: João Ari Ferreira (Sicha).

Música: Tuny Brum.

Representa: Jaguari e Santa Maria.



10 - Cismas de Pescador

Letra: Edegar Garcia Torres.

Música: João Carlos Chagas.

Representa: Porto Alegre e Santana do Livramento.



11 - Gruta Amiga

Letra: Guilober Vencato, Mairo Vencato e Rogê Vencato.

Música: Cleomar Brasil.

Representa: Nova Esperança do Sul.



12 - O Nego da Caixa

Letra: Cleomar Brasil e Gustavo Frigi.

Música: Cleomar Brasil.

Representa: Nova Esperança do Sul.



13 - Noturnas Rendeiras

Letra e Música: Ênio Medeiros.

Representa: São Gabriel.



14 - Prosa Buena

Letra: Nenito Sarturi.

Música: Leonardo Sarturi.

Representa: Santiago.



15 - Antes que a Estrada se Finde

Letra: Caine Teixeira Garcia.

Música: Robledo Martins.

Representa: Bagé e Pelotas.



16 - O que o Chamo de Querência

Letra e Música: Leonardo Sarturi.

Representa: Santiago.



17 - O Campo, o Homem e o Tempo

Letra: Rafael Ferreira.

Música: Aline Ribas.

Representa: Vacaria e Pelotas.



18 - Bico de Carancho

Letra: Rafael Ferreira e Filipe Corso.

Música: Zulmar Benitez.

Representa: Vacaria, Canoas e Santa Maria.



19 - A Cruz que o Anguera me Deu

Letra e Música: Juliano Javoski.

Representa: São Jerônimo.



20 - Onde o Tempo Passa Manso

Letra: Dilamar Costenaro e Valdir Disconzi.

Música: Xuxu Nunes.

Representa: Santiago.



Suplentes:



1ª suplente:

Carta em Milonga ao General Ausente

Letra: Claudio Silveira.

Música: Juliano Moreno e Fabricio Harden.

Representa: Santana do Livramento.



2ª suplente:

O palco

Letra e Música: Luis Carlos Ranoff.

Representa: Santa Maria.



3ª suplente:

De Remos e Rumos

Letra: Flaubiano Lima.

Música: Regis Reis e Dartagnan Portela.

Representa: Rolante, Tupanciretã e Júlio de Castilhos.



sexta-feira, 2 de novembro de 2012