sábado, 29 de setembro de 2007

Che Guevara


É incrível o interesse que desperta em nossos jovens o nome “CHE GUEVARA”, ou que ainda incendeia a imaginação de muita gente.
Nascido em 14 de junho de 1928 na cidade de Rosário, Guevara foi o primeiro dos cincos filhos do casal Ernesto Lynch e Celia de la Serna y Llosa. Sua mãe foi a principal responsável por sua formação porque, mesmo sendo católica, mantinha em casa um ambiente de esquerda e sempre estava cercada por mulheres politizadas.

Che Guevara era um iluminado. Um louco bastante perigoso com boas intenções em demasia. Não é difícil admirar a sua entrega a uma aventura e o fato de que desprezou poderes e regalias para continuar lutando pelos seus ideais. Che faz parte de uma época em que ainda se acreditava num mundo perfeito.
Sua morte, no dia 9 de outubro de 1967, aos 39 anos, interrompeu o sonho de estender a Revolução Cubana à América Latina, mas não impediu que seus ideais continuassem a gozar de popularidade entre as esquerdas.
Frases que Che Guevara, mais citava:

"Hasta la vitória, siempre!"

"Acima de tudo procurem sentir no mais profundo de vocês qualquer injustiça cometida contra qualquer pessoa em qualquer parte do mundo. É a mais bela qualidade de um Revolucionário."

"Os poderosos podem matar uma, duas até três rosas, mas nunca deterão a primavera."

Um comentário:

camungars disse...

"Os poderosos podem matar uma, duas até três rosas, mas nunca deterão a primavera."
ELES são os poderosos, EU sou a rosa e VOCÊS são a primavera.