domingo, 6 de abril de 2008

IDADE...


Que idade eu tenho?
Não tenho idade, tenho momentos.
Sou a soma
De todos os momentos por mim vividos.
E tenho dentro de mim todos eles vivos.
Sou o momento do instante certo.
Como amante, o momento adolescente.
O sábio momento, como mulher madura.
Sem ser infantil tenho meus momentos de criança.
E assim vivo minha vida, adequando a situação…
Ao compatível momento, e vivo sempre.
Ajustando a razão às coisas do coração.
Com a liberdade da intuição.
Sem qualquer pretensão.
Apenas o compromisso com o presente.
Vivendo minha vida sempre com paixão।