terça-feira, 3 de março de 2009

Girassol

Nossos olhos são seletivos, nós \"focalizamos\" o que queremos ver e deixamos de ver o restante.
Escolha focalizar o lado melhor, mais bonito, mais vibrante das coisas, assim como um girassol escolhe sempre estar virado para o sol!
Você já reparou como é fácil ficar baixo astral?
Baixo astral porque está chovendo,

porque tem conta a pagar,
porque não tem exatamente o dinheiro
ou a aparência que gostaria de ter,
porque ainda não encontrou o amor da sua vida,
porque a pessoa que você quer e não te quer,
porque...
É claro que tem hora que a gente não está bem.
Mas a nossa atitude deveria ser a de uma antena que tenta, ao máximo possível, pegar o lado bom da vida.
Na natureza, nós temos uma antena. Que é assim: o girassol. O girassol se volta para onde o sol estiver. Mesmo que o sol esteja escondido atrás de uma nuvem.
Nós temos de aprender a realçar o que de bom recebemos. Aprender a ampliar pequenos gestos positivos e transformá-los em grandes acontecimentos. Temos de treinar para ser girassol, que busca o sol, a vitalidade, a força, a beleza.
Por que só nos preparamos para as viagens, e não para a vida, que é uma viagem?
Apreciar o amor que alguém em um determinado momento dirige a você.
Apreciar um sorriso luminoso de alegria de alguém que você gosta.
Apreciar uma palavra amiga, que vem soar reconfortante, reanimadora.
Apreciar a festa, a alegria, o sorriso.
E se o mau humor voltar que volte também a lembrança dos girassóis.
Selecione o melhor deste mundo, valorize tudo o que de bonito e bom haja nele e retenha isto dentro de você.
É este o segredo de uma vida melhor.
Créditos Texto- Fátima Carvalho

3 comentários:

Carmem disse...

Assim os dias passam...entre altos e baixos...
Bom seria que fôssemos iguais aos girassóis mesmo nos dias sombrios...

Bjo

Nanda Assis disse...

muito perfeito o texto, e com este protagonista que amo. minha casa é lotada deles, e me inspiro muito nisso, no girassol, me sinto girassol, e tudo que amo e tudo que quero eu chamo de sol.
adorei.

bjosss...

angel disse...

Tenho procurado sempre a luz, mas confesso que muitas vezes as nuvens não me deixam vê-lo. Mas ainda assim acredito que um dia elas se dissiparão e volterei a vê-lo em todo o seu esplendor, ou ao menos que elas se transformem em chuva e molhem o chão e me traga mais forças para continuar lutando e crescendo enquanto puder.
Abraço e ótimo final de semana.
Angel